28 01 2015

5 Dicas para escolher um novo template para o seu site

5 Dicas para escolher um novo template para o seu site

Para os designers, um ótimo template está no princípio das coisas. Para os visitantes, na forma de interagir. Escolher o layout de seu site é o primeiro passo para conseguir um design que atinja o seu público-alvo e, consequentemente, seus objetivos. Já é sabido que os investimentos em um tema atrativo geram as melhores visitas, mas é preciso avaliar as variações de cores e estruturas para que ele destaque corretamente o seu conteúdo.

E com a tendência mobile, as páginas passaram a ser responsivas, podendo ser acessadas através de smartphones, tablets e smartTVs. De acordo com uma pesquisa realizada pelo Google, 61% dos usuários se mostram insatisfeitos quando um site não abre corretamente em seu dispositivo móvel. Por isso, o design responsivo e a disposição de conteúdo deixam de ser uma tendência para tornarem-se obrigatórios em 2015.

1. Um layout contendo a "sua cara"

Com tantos modelos de template disponíveis na internet, fica realmente difícil escolher o melhor para o seu site. Primeiramente, responda a seguinte pergunta: qual o tipo de website que você desejar ter? Loja virtual, portfolio ou institucional? Com isso, você poderá escolher o nicho que melhor se adequa a sua página. Em seguida, planeje o objetivo que pretende alcançar. É importante ressaltar que nem todos os templates servem para os mesmos objetivos. Alguns foram desenvolvidos para se adequarem a um e-commerce, e outros para portfolios, por exemplo. Há muitos temas projetados para fins específicos, seguindo as exigências do cliente, como restaurantes, escolas, ONGs, construtoras, entre muitos outros.

2. Um template falando a sua língua

O tema ideal é aquele que exige o mínimo de mudanças de imagens, fontes, cores e ícones, e que contenha o tipo de linguagem ideal para o seu público-alvo. Você está procurando um visual vintage ou mais colorido? É necessário uma cor dominante? Qual a faixa etária dos seus visitantes? Tente responder a essas perguntas antes de tomar a decisão final.

3. O conteúdo é o rei

Qual o tipo de conteúdo que seu website terá? Uma página não é composta somente do design, mas também de conteúdo. A qualidade deste ditará a sua posição nos buscadores, dependendo do número de visitas. Mesmo que poste ótimos textos, a página deve ser confortável para leitura. Em um site de notícias, por exemplo, é necessário um espaço maior para matérias longas. Já uma empresa precisa de uma maneira conveniente para exibir seus diferentes produtos ou serviços. Isso dependerá, como foi citado anteriormente, da sua área de atuação.

4. A onda da responsividade

Em 2014, cerca de 20% de todos os acessos à sites da internet foram gerados a partir de celulares e tablets, segundo uma pesquisa da Conversion. E em 2015, essa porcentagem tende a aumentar. E foi pensando na mobilidade que o Google baixou uma nova lei: para que os sites fiquem bem posicionados, eles deverão ser desenvolvidos nos princípios do "Mobile First", ou seja, desenhados para atenderem as experiências do usuários de dispositivos móveis e desktops. Esse critério será decisivo para definir o "ranqueamento" das buscas. Portanto, é extremamente necessário que o template seja responsivo, e que seja de fácil navegação em quaisquer aparelhos.

5. A beleza conquistando a simpatia do usuário

O conteúdo multimídia, como vídeos e imagens, sempre deve ser colocado em um local de destaque no website. Por isso, o template deve conter galerias de imagens e sliders dinâmicos, com o intuito de destacar o conteúdo de maior relevância. Prefira ilustrações com alto impacto visual e vídeos de até 60 segundos. Atente-se também para a questão do carregamento da página, que deve ser em segundos.

Quer tirar suas dúvidas?

Inscreva-se para receber novidades